A+ A-

O Governo da RAEM implementa medida para apoiar os residentes a estudar cursos de línguas no exterior

  O Gabinete de Apoio ao Ensino Superior (GAES) vai implementar, no dia 21 de Março, o Plano de Apoio de Pagamento dos Juros de Crédito para a Formação Linguística de Graduados do Ensino Superior, incentivando e apoiando os residentes licenciados de Macau a frequentarem, no exterior, cursos de formação linguística, em Mandarim, Português ou Inglês, aumentando as suas capacidades linguísticas e ampliando os seus horizontes, a fim de formar para a sociedade quadros qualificados que dominam diversas línguas, aumentando ainda mais a capacidade global de concorrência de Macau.

Apoio para cursos de formação de três línguas

  Podem fazer o requerimento os residentes permanentes de Macau, com idade não superior a 45 anos, titular do grau de licenciatura ou equiparado, que tenham estudado em instituições do ensino superior ou escolas secundárias de Macau, por um período continuado não inferior a 3 anos, cumulativamente. Os requerentes do Plano devem ir estudar Mandarim, Português ou Inglês em países ou regiões fora do local onde obtiveram a licenciatura e frequentar cursos de formação linguística criados por instituições do ensino superior reconhecidas pelos governos de países ou regiões indicados no Plano (excepto cursos do ensino superior). O regime de leccionação dos cursos deve ser de aulas presenciais e a duração de cursos deve ser não superior a 24 meses; a duração de cursos de Mandarim deve ser não inferior a 6 meses, de cursos de Português ou Inglês, a duração não inferior a 9 meses.

Prazo máximo de pagamento dos juros de 2 anos

  O GAES coopera com 6 bancos locais, respectivamente, o Banco da China, Limitada (Sucursal de Macau), o Banco OCBC Weng Hang, S.A., o Banco Nacional Ultramarino, S.A., o Banco Comercial de Macau, S.A., o Banco de Guandfa da China, S.A. (Sucursal de Macau), o Banco Industrial e Comercial da China (Macau), S.A. Este Plano é aplicável a empréstimos para estudos concedidos por esses bancos, incluindo propinas, os custos de vida básicos e as despesas de transporte de ida e volta.

  Os requerentes devem fazer registo através da página electrónica do GAES. Os requerimentos serão avaliados e aprovados pelos bancos participantes do Plano e pelo GAES. O prazo de pagamento dos juros é fixado conforme a duração do curso, no máximo de 2 anos, e o montante máximo de empréstimo para ser apoiado no pagamento dos juros é fixado conforme o tipo de língua e a duração de curso, mas não superior a 360.000 patacas. O GAES concede o apoio ao pagamento dos juros, através de transferência bancária, para os requerentes qualificados, prestando mensalmente, durante a duração do curso, 70% dos juros e os restantes 30% serão atribuídos após a conclusão de curso e os beneficiários entregarem os respectivos documentos comprovativos.

  Para qualquer consulta, pode aceder à página electrónica do GAES(http://www.gaes.gov.mo) ou contactar os trabalhadores do GAES pelos telefones (853)8396-9201 ou (853)8396-9313.